Clamídia: você sabe o que é?

Entenda tudo sobre essa IST que é mais comum do que você imagina.

Clamídia: você sabe o que é? Pois deveria saber! Ela é a IST (Infecção Sexualmente Transmissível) mais comum em todo o mundo. A doença é causada pela bactéria Chlamydia trachomatis e é transmitida pelo contato sexual via anal, oral ou vaginal. O contágio pode ser feito também através da mãe para o feto, na passagem pelo canal do parto.

Fatores de risco 

Alguns fatores considerados de risco podem facilitar a contaminação, entre eles estão:

  • A falta de preservativo na relação sexual 
  • Parceiros ou parceiras diferentes em um curto período de tempo
  • Duchas vaginais frequentes 
  • Pessoas com histórico de outras ISTs 

Quais os sintomas da clamídia?

Os sintomas da pessoa infectada com clamídia ocorrem cerca de 15 dias após o contágio. Mesmo assim, eles podem ser fracos e passar rapidamente. Confira os principais:

  • Pequeno corrimento vaginal amarelo e espesso
  • Dor ao urinar
  • Dor nos testículos 
  • Queimação ao urinar
  • Aumento da vontade de urinar 
  • Sangramento fora do período menstrual 
  • Dor abdominal
  • Dor durante o contato íntimo
  • Dor ou secreção retal

O diagnóstico da clamídia é simples e inclui exame de urina ou de uma amostra colhida da vagina, colo do útero ou uretra.

Existe tratamento para clamídia?

Somente um médico especialista pode lhe informar qual o medicamento mais indicado para o seu caso, assim como a dosagem correta e a duração do tratamento. 

O mais comum para o tratamento da clamídia é o uso de antibióticos  específicos como azitromicina, doxiciclina, eritromicina e minociclina. Se for o caso de ter um parceiro ou parceira fixa, o tratamento deverá ser administrado para essa pessoa também, para evitar a reinfecção. É recomendado não ter relações sexuais durante esse período.

Cuide-se o quanto antes, não deixe para depois! Os sintomas podem se agravar. Se isso acontecer, poderá ocorrer consequências como:

  • Infertilidade masculina e feminina
  • Inflamação nos testículos
  • Inflamação no colo e nas tubas uterinas 
  • Doença inflamatória pélvica
  • Gravidez tubária 
  • Partos prematuros ou abortos 
  • Feto com conjuntivite  (oftalmia neonatal) 
  • Pneumonia em fetos 

Se você precisar de tratamento, aproveite o tempo que “ficará de molho” para preparar uma noite especial! Temos opções de lingeries, fantasias, vibradores, entre outros produtos! Visite o site do Sex Shop CiaSex

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais